O pesadelo continua…
…estou correndo há 1.000 horas, cansado, dolorido, louco por água, doido pra chegar ao destino…
…minhas pernas estão rígidas, parece que a gravidade aumentou em 50 pontos e ainda estou ficando cego. Suor desce pelos meus olhos e queimam. Ardência, me sinto ferido…
…ferido estou, mas não enxergo aonde. O sangue se esvai, dor, calor, queimação, ardência…acorde…FT ACORDE!

Nossa. Que pesadelo terrível.
Várias pessoas importantes já pesquisaram sobre o pesadelo, cientistas tentaram explicar…mas nada ainda tão concreto que possamos ter certeza do que realmente um pesadelo é. Pra mim, não passa de uma forma do seu corpo dizer que você precisa acordar, pois algo está errado…o que faz o pesadelo ser diferente do pressentimento.

O pressentimento é aquela angústia interior, um enjôo psicológico, uma ansiedade que só é exterminada com o tempo. Todos pressentimos algo, mas não damos importância…é como se uma sensação de dejà vu fosse apenas algo inventado por nós, vago e não mais que isso e assim subestimamos Shakespeare e suas citações.

Ó vã filosofia. Vã? Ou simplesmente, absorta?

Alguns amigos e pessoas que convivem comigo dizem que sou meio vidente. Outras não dizem, mas sentem. Não vou mentir, até que gosto que me vejam assim! Um rapaz vidente que sabe tudo o que tá acontecendo e que não adianta lhe esconder nada. Quem dera fosse assim…ao menos ninguém esconderia realmente.

Mas infelizmente não sou vidente. Meu dom é o do pressentimento. Quando sinto que as coisas vão bem, eu simplesmente sinto, e não importa de onde vem, importa é que vem de mim e eu sou cônscio disso, presto uma enérgica atenção. Quando sinto que as coisas vão mal é que está o problema..pois é um mal pressentimento. Esse faz parte do enjôo que sentimos, do suor fora de hora, do aumento do estresse. Geralmente quando tais pressentimentos vêm, tapamos os ouvidos salutares e nos afogamos em nossa própria desgraça. Ai ai, se minha vida fosse só de pressentimentos bons.

Enfim. Pressentir é sentir antes de acontecer. É saber o que está por vir…e por mais que possa parecer esquisito, eu sempre sei o que está por vir. Não preciso de cartas, búzios, mandinga ou sinal de fumaça espiritual…preciso apenas de tempo…

…tempo, pra enxergar realmente o que as coisas são…o que as pessoas são…
…e o quanto elas são boas pra mim..ou terrivelmente péssimas pra mim, com ou sem amor.

O que pressinto hoje, não gostaria de sentir. Mas se está aqui, dentro de mim..então é necessário. Que acabe logo este pesadelo. Que venha a bonanza e com ela a esperança, porque a confiança, no mundo, se perdeu…então quem sou eu?

Apenas um sonhador.

Anúncios